domingo, 7 de dezembro de 2008

FIM DE SEMANA

Passei o fim de semana em Liptoski Mikolas, cidade da Katka, que fica a uma hora de trem da minha cidade.

Na sexta passeamos na “Feira de Natal”, vi algumas comidas e bebidas típicas e várias coisas parecidas com o Brasil: milho cozido, algodão doce, “pinga” com mel (não é pinga, mas parece), barraquinhas de “hippies” (com os mesmos brincos, colares e pulseirinhas) e por aí vai. Tinha uns brinquedos tipo de parque de diversões e me chamou a atenção olhar para um carrossel: as crianças parecem todas saídas de um comercial da Jhonson&Jhonson, loirinhas, gorduchas, de olho claro e bochechas rosinhas, com gorros de bicinhos e luvas combinando.

Assisti também a um pedaço de uma partida de Hóquei e outra de Squash (os dois principais esportes aqui, fora canoagem, que é só no verão). Não tenho fotos, porque acabou a bateria da máquina e eu esqueci de levar o carregador.

Igreja e Galeria na parte antiga da cidade

Depois passeamos um pouco pela cidade e fomos, eu, a Katka e o namorado dela, Miño, pro chalé da família dela, nas montanhas, a uns 20 minutos de carro. O chalé é pequeno, mas muito aconchegante, com uma lareira e dois quartos cheios de camas.

Passamos a noite conversando e comendo sopa de repolho. Comi também o melhor queijo que já comi na minha vida. Parece mussarela de trança, mas é em “canudinhos”, bem salgado... perfeito!

No sábado a família dela foi pra lá e fizemos uma fogueira do lado de fora pra cozinhar Goulash, uma comida típica. É uma sopa com bastante cebola, pimentão, batata e carne (normalmente porco e/ou vaca, mas eles fizeram com peru). Os pais dela falam inglês e a tia fala espanhol, são todos muito simpáticos e super curiosos quanto ao Brasil. Comemos muito o dia todo e à noite jogamos baralho.

Cozinhando Goulash

Família da Katka, eu e Miño


No domingo, quando acordei, SURPRESA: estava nevando! O tempo não estava tão frio e o sol derretia a neve assim que ela chegava no chão, mas foi bom passear lá de fora e ficar igual criança, brincando com os floquinhos que caiam no meu casaco.

Depois de um excelente fim de semana, estou de volta ao meu quartinho no dormitório da faculdade, pensando em quantas pessoas têm a possibilidade de conhecer a Eslováquia mas acham que não vale à pena, ou nem sabem que o país existe... e quanto eu tenho sorte de ter “vindo parar aqui”.

2 comentários:

Nina disse...

vc segurou vela e ainda tirou foto abraçada com o amigo da menina???
fala sério
shauhsauhasuhsa

quem que é essa por falar nisso hein?

Janayna disse...

luuuuuuuuuuuuuu

to tão feliz por você!!
dá pra sentir nas suas palavras o quanto está feliz!!
ms eu ainda te espero pra minha formatura!!! hauhuhuhau

beijokasssssssssss
jana