segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

ZILINA, ESLOVÁQUIA

A Eslováquia (Slovensko, em eslovaco), cujo nome oficial é República Eslovaca (Slovenská republika, em eslovaco), é um país sem litoral localizado na Europa Central. Com uma população de mais de cinco milhões de habitantes e uma área de cerca de 49 000 km², o país limita com a República Checa e a Áustria a oeste, a Polônia ao norte, a Ucrânia ao leste e a Hungria ao sul. Sua capital e maior cidade é Bratislava.

Foto panorâmica de Bratislava

Os povos eslavos chegaram ao território da atual Eslováquia entre os séculos V e VI, durante o período das grandes migrações. Ao longo da história, partes do território atualmente ocupado pela Eslováquia pertenceram ao Império de Samo, Grande Morávia, Reino da Hungria, Império Habsburgo, Monarquia Austro-Húngara e Checoslováquia. A Eslováquia tornou-se independente em 1 de janeiro de 1993, com a divisão pacífica da Checoslováquia: o chamado Divórcio de Veludo.

_____________________________________________

ZILINA

Žilina (lê-se Gilina) tem cerca de 86 mil habitantes e é a 3ª maior cidade da Eslováquia. Localiza-se no centro da Eslováquia. Fica a 200km da capital (Bratislava) e a 250km da capital Austríaca, Viena.

O monumento mais conhecido na cidade e nos arredores é o Castelo Budatin, situado a norte da cidade, acima dos dois rios. A praça central é cercada pela casas de arcadas burguesas dos séculos 16º e 17º. A Igreja da Santíssima Trindade, que está ao lado de um campanário renascentista, a Torre Burian (1530), domina a Cidade Velha.

Žilina fica a uma altitude de 342 metros acima do nível do mar e cobre uma área de 80,03km². Está localizada na região do Alto Váh na confluência de três rios e é cercada por estas cordilheiras. A temperatura atinge 25° C em julho e -5 ° C em janeiro. A neve dura entre 60 e 80 dias por ano.

A cidade é bem antiga: os primeiros vestígios de habitantes datam de 20.000 A.C. e as construções mais antigas datam do Século V, mas a cidade começou a se desenvolver mesmo em 1300. Por causa do período comunista (que acabou em 1989), em várias regiões existem grandes conjuntos de prédios com blocos idênticos, normalmente cinza. As construções antigas são simples, mas bastante funcionais.

Agora as minhas impressões pessoais...

Quando eu cheguei a primeira diferença que notei em relação à Nigéria é que tudo aqui é calmo e silencioso. Eram 4 horas da manhã. É claro que as ruas estariam vazias e eu não escutaria nenhum barulho no dormitório da faculdade. Mas depois de alguns, dias, essa ainda é a minha principal imagem da cidade: um lugar calmo e silencioso. Principalmente no dormitório. Imaginei que encontraria um pouco mais de movimento. Pelo menos no fim de semana. Mas é ainda mais tranqüilo nos finais de semana.

Estamos no início do inverno e anterior à minha chegada tinha nevado bastante, então estava tudo branquinho. Ainda não nevou de novo e a neve que estava aqui já derreteu... estou ansiosa pra próxima “nevada” (sei lá como fala). A temperatura gira em torno de 0º e a paisagem é bem típica: telhados bastante íngremes, pinheiros, pés de maçã, montanhas no horizonte.

Apesar do frio, acho tudo muito acolhedor. As pessoas têm sido bem simpáticas e apesar de eu não falar a língua, de um jeito ou de outro sempre consigo me comunicar. Uma coisa que me encantou na cidade é que todos os lugares que conheci até agora tem um ar romântico. Pouca luz, mesinhas de madeira, música baixinha ao fundo. E eu acho roupas de frio românticas, sei lá porque.


Não achei muita coisa sobre a cidade em português, então deixo aqui a página da cidade na wikipedia em inglês, com algumas fotos: http://en.wikipedia.org/wiki/%C5%BDilina

6 comentários:

elaine disse...

Luuunaaaaaa
cê vai esquiar???????

Nina disse...

não é nevada
é neve ué
igual chuva
hehe
"vou esperar a próxima chva/neve"

Ondro disse...

Zilina is a beautiful city...
U should enjoy it as much as u can!!
Hello to aiesecers there ;)

Anônimo disse...

Amiiiiigaaaa... qs fotinhas mais lindaaasss... como c disse, agora c ta na Europa, ne... outro eskema... hehehehe... bjo... saudadeeee!!!!
Marina

Anônimo disse...

Tinha muito tempo que nao entrava aqui... quanta diferença!! Linda a estorinha da Nigeria... quase chorei. Boa sorte ai na Europa!! Acho q será bem mais fácil... hehehe.
Beijos
Tati (irmã da Tchuca)

Mariana Marcelos Andrade disse...

Adoro quando entro e tem um monte de coisa. heheh
Ouuu!! Q coisa louca essas motinhas da Nigéria! Ainda mais na contra mão...
E ainda bem q vc é louca (precavida)! Agora vai usar todas aquelas roupas de frio... :D
E eu fico imaginando a cena... vc e a olvelha passeando pelo mundo. Eu te ajudava! huahuha
Ou... Tchau! :P